fbpx
Tailândia e suas belas particularidades por Raquel Cirino
26 de dezembro de 2019
Mostrar Tudo

Vale do São Francisco por Rosane Mendes

“Petrolina, Juazeiro, Juazeiro, Petrolina
Todas as duas eu acho uma coisa linda
Eu gosto de Juazeiro, e adoro Petrolina” 
Cantava o saudoso Luiz Gonzaga … e não é que voltei de lá com a mesma sensação!!!

Bom , quando montei esse roteiro meu objetivo era conhecer a região Vinícola do Vale do São Francisco , já que além de turismo amo vinhos também. Esse sonho acabou se transformando em um Roteiro exclusivo nosso e pensei: Porque não dividi-lo com nossos passageiros que amam as mesmas coisas que eu?!

E foi assim que em Fevereiro de 2021, em plena pandemia, lá fomos nós para Petrolina . Um grupo de 10 INCRÍVEIS E CORAJOSAS pessoas e eu, representando a agência Mulheres Pelo Mundo.

O aeroporto de Petrolina, bem modesto , recebe poucos vôos com turistas procurando por esse destino, o que na verdade não é nada ruim..

Essa região , em pleno sertão de Pernambuco é riquíssima no plantio de frutas, uma das maiores da América Latina é responsável por 95% das exportações brasileiras para vários países da Europa, Ásia e América do Norte, principalmente manga e uva mas podemos citar também melão, melancia, pera, maça e outras. Abastecendo também quase todo o território nacional… Riquíssimo!!!

Aliás diga-se de passagem, ficamos impressionados com a cidade de Petrolina , organizada, limpa, planejada . Sua história remonta os idos de 1674 e seu nome Petrolina seria em homenagem ao imperador D. Pedro II, que ocupava, então, o trono do Brasil. Há uma versão segundo a qual o topônimo seria uma dupla homenagem, com a junção do nome do imperador, em sua forma latina (Petrus), ao da imperatriz Tereza Cristina, resultando em Petrolina.

Outra versão sugere que o topônimo teria sido derivado de “pedra linda”, expressão dada a uma pedra que havia na margem do rio, ao lado da matriz, e que foi utilizada nas obras de cantaria da catedral de Petrolina, um dos maiores monumentos históricos da cidade.. foi o que ouvimos dos guias locais…

Mas falando de nosso roteiro, como chegamos pela tarde e nosso hotel  (Maravilhoso!!!) estava localizado em frente a “orla” do Velho Chico saímos para procurar um restaurante com uma vista maravilhosa para esse rio . Há muito deles por ali. Escolhemos o Barretus Grill, delicioso e aconchegante com prato incríveis e típicos da região. O lugar agradou a todos e se transformou em nosso preferido. Fomos várias vezes…. Devoramos vários surubins , queijos coalhos com melaço de cana, cuscuz , e claro muito espumante de qualidade.

É obvio que a região oferece passeios ecológicos, e não faltaria em nosso roteiro uma aventura pelas cavernas locais como A Gruta do Sumidouro que é maravilhosa e de fácil acesso para adentrá-la.

Conhecer esse cenário único e andar pela caatinga do interior de Juazeiro da Bahia foi muito impressionante ! Suas casinhas minúsculas, precariedade total, plantas exóticas , muitos bodes ( muitos mesmo) aliás, tudo isso foi palco de muitas novelas da Globo como Gabriela e a série Amores Roubados.

Falta estrutura local? Sim, com certeza, as estradas são muito ruins e falta sinalização, infra estrutura turística , etc, infelizmente!

Nosso grande objetivo era com certeza conhecer a Vinícola Miolo Terranova   e a Rio Sol que faz parte do grupo Global Wine. Todos se perguntam como é possível essas vinícolas nessa região tão árida e seca produzir tantos espumantes e vinhos, muitos premiados no Brasil e no exterior. Mas é graças às técnicas de produção irrigada, cepas que se adaptaram e excelente profissionais da área. Eu não vou contar tudo não, precisam ir lá pra ver com os próprios olhos.
Fizemos visitas a estas vinícolas que incluíam degustação de vinhos e espumantes, visitas as fabricas e parreirais. Você pode ir em qualquer período do ano que encontrará parreiras lotadas de uvas.

Na Rio Sol foi uma experiência maravilhosa que incluiu almoço e banho de rio no Velho Chico.. gente! eu me apaixonei realmente por esse rio!! difícil não ter saudades todos os dias.

Já em Petrolina fizemos um passeio de barco incrível para ver o por do sol que foi regado a muita música e cerveja local à vontade.. aliás deliciosa !!! pois é .. nem só de vinho vivem os enófilos rsrs.. Todos adoraram! O Rio é o lazer tanto dos moradores de Petrolina quanto os de Juazeiro ( há apenas 1 ponte que liga as duas cidades que o Rio separa) e a noite o cenário é incrível…

Posso dizer que esse destino não é para turistas que adoram fazer compras por infinitas lojas, feirinhas, galerias, etc Há um singelo artesanato local à venda em alguns poucos centros. Então não se anime com isso…mas poderá trazer vinhos a preços incríveis.

O passeio do Barco do Vapor nos surpreendeu por ser extremamente organizado, com todos os protocolos de segurança durante a pandemia, nos proporcionou outra experiência singular. Excelente comida, bebida e muita música , nos oferece depois, um banho de rio onde o barco ancorado em plena represa de Sobradinho, disponibiliza cadeiras e guarda-sóis para nos deliciarmos em suas aguas quentinhas e limpas, limpas mesmo!!!! trouxe muitas conchinhas dessa tal “Ilha do Amor”.. ( isso mesmo, pasmem-se) conchas .. já ouviram esta música ? O sertão vai virar mar…. pois eu acho que o mar virou sertão isso sim….

De presente da nossa incrível e simpaticíssima guia local, aliás ô povo solícito , todos muito gentis ..Nada arretado, como diria a gíria pernambucana . fomos visitar em Juazeiro o espaço de um fã de Roberto Carlos que nos recebeu com sua história de vida e nos contou a realização de seu maior sonho que emocionou a todos!!!

Já no Bodódromo ( centro de restaurantes e bares) realizamos outro sonho, o de comer a famosa carne de bode!! rss. e não é que é boa mesmo? claro que comemos outras maravilhas locais também.. e tomamos refrigerante de caju, que é bom demais !!!

Enfim, o que eu digo desse destino? Quero voltar o quanto antes, matas ar saudades do velho Chico e percorrer outros lugares que deixamos pra traz por falta de tempo…

Mas em Novembro 2021, voltaremos com um outro Grupo se tudo der certo e vai dar. Temos Fé!!!

Rosane Mendes
Consultora e guia de turismo em MPM e sommelier de vinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *