Vai viajar? Veja dicas para não perder o voo
18 de outubro de 2018
Mostrar Tudo

É possível viajar apenas com a bagagem de mão?

Após as novas regras de franquia de bagagem começarem a valer, sugiram muitas dúvidas sobre as dimensões das bagagens de mão e o que pode ser transportado. Principalmente as viajantes se perguntam se é possível se virar em uma viagem apenas com os itens que cabem em uma pequena mala.

Acredite, viajar somente com uma mala de mão tem inúmeras vantagens e, pendendo do destino e duração da viagem, você vai até agradecer pelo pouco peso que levou. Entre os diferenciais desse tipo de bagagem estão: fazer o check-in online, pelo seu celular ou computador, e seguir direto para o embarque, sem enfrentar as filas para despachar as malas. Chegando ao destino, nada de esperar a mala na esteira: siga direto para o portão de saída. Tudo isso sem correr o risco de ter suas malas furtadas e extraviadas.

Esteja muito atenta às dimensões da mala. O controle é bastante rígido, e uma medida fora do padrão vai te obrigar a despachar e arcar com os custos. Atualmente é permitido que cada passageiro porte uma mala de mão dentro das medidas 55 cm x 35 cm x 25 cm e até 10 kg, além de um item pessoal (bolsa ou mochila ou sacola) de 30 cm x 40 cm e até 5kg.

Veja algumas dicas para levar tudo o que precisa de forma organizada e, quem sabe, até com espaço sobrando.

Opte por kits de higiene em tamanho adequado para viagem. Lembre-se que não é necessário levar um frasco inteiro de shampoo ou condicionado, pois você não vai usar tudo. Essa lógica vale para todos os itens de higiene pessoal. Você encontra kits com tamanhos e formatos variados a preços bem convidativos, e ainda vai poder utilizar em muitas outras viagens. Lembre-se que há limites e especificações para líquidos nas bagagens de mão. É importante seguir as regras para não ter que despachar a bagagem na última hora ou jogar fora o seu produto predileto. Identifique todos os potes com etiquetas e coloque-os dentro de sacos vedados para não ter problemas, especialmente em voos internacionais.

– Se não abre mão de alguns utensílios, como secador de cabelos, opte por um te tamanho pequeno. Reduza o tamanho de tudo!

Leve apenas a quantidade de roupa necessária. Parece óbvio, mas é comum levarmos bem mais que o necessário nas viagens. Nada de levar roupas para 15 dias de viagem se você vai passar apenas um final de semana fora de casa. Deixe em casa aquela roupa linda que você não usa nunca. Calcule quantas roupas serão necessárias e deixe apenas uma pequena sobra para emergência. Lembre-se que lavanderias estão à disposição em quase todos os lugares.

Pense em todas as combinações possíveis e deixe de lado qualquer peça que não combine com nada. Não leve para a viagem peças de roupas que não combinem entre si e que valem para apenas uma ocasião. Prefira visuais básicos e que possam ser combinados e usados em diversos passeios. Assim você poderá repetir roupas sem que ninguém perceba. Quanto mais básicas, melhor e mais fácil. Vale investir em acessórios pequenos, que não ocupam muito espaço, mas que mudam o visual.

Prefira tecidos leves, que não amassam e não fazem volume. Escolher roupas que sejam adequadas para viajar leve é tão importante quanto não escolher roupa demais. No caso de casacos, que quase sempre são volumosos, opte por levar na mão ou ir vestido com ele. Assim você já economizará bastante espaço.

– Leve para a viagem apenas sapatos, sandálias e até chinelos que você tem certeza absoluta que poderão ser usados à exaustão sem machucar o pé. Assim você não corre o risco de levar um peso morto. No geral, um chinelo, um tênis e um sapato ou sandália mais arrumadinho resolvem tudo. Escolha modelos que combinem com todas as roupas, ou, no mínimo, com a maioria delas. Viaje com o calçado que ocupa mais volume e leve os outros dois na mala.

– Se você não abre mão de uma mochila, ela poderá ser a sua bolsa pessoal no voo e não ocupar espaço na bagagem de mão. Caso opte por levar uma bolsa pequena, prefira as que são maleáveis e que podem ser amassadas para caber na bagagem de mão.

– Se você adora comprar presentes pra todo mundo, trazer camarão do nordeste e compotas de doces de Minas, melhor repensar a sua mala.

– Deixe objetos mais pesados e delicados para a bolsa pessoal (câmera fotográfica, notebook, livros).

– Prefira uma mala leve e dentro do tamanho permitido. Mais do que nunca é importante escolher uma boa mala para levar como bagagem de mão. Evite malas que sejam feitas de material pesado ficando atenta ao peso dela vazia. Malas feitas em fibra de carbono, por exemplo, são bem mais leves e resistentes. Fique atento também ao tamanho da mala, para ter certeza que ela está dentro das especificações de bagagem de mão. Caso ultrapasse os limites da companhia aérea, você poderá ser obrigado a despachar, tendo assim um custo desnecessário logo no começo da viagem.

Dicas que fazem toda a diferença:
Leve sacolas a vácuo para manter o volume dentro do permitido. Muitas vezes o problema não está no peso, mas sim no volume. Para ajudar a resolver esse caso, o ideal é ter sempre à disposição uma bolsa à vácuo dentro da mala. Ela ajuda a reduzir o volume das roupas e magicamente faz caber algumas peças a mais dentro da bagagem de mão. Muito útil naquele momento de desespero quando a mala não fecha. Ah, e não precisa de um aspirador de pó para retirar o ar da sacola, basta sentar nela para retirar todo o ar, fechar e pronto.

Leve uma balança de viagem, fundamental para não passar aperto e tomar um prejuízo. Além de ser bem pequena e não ocupar espaço, ela te dará a noção real do peso da sua bagagem, evitando contratempos.

Tem mais alguma dica? Deixa seu comentário aqui pra gente. 😊

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *